sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Imagine Belieber HOT




Eu estava sentada no sofá da minha casa, a qual eu dividia com meu namorado, Justin. Já eram 20h e eu precisava fazer o jantar, mas não conseguia largar meu notebook! Eu sei que é estranho comigo, mas eu gosto de, de vez em quando, acessar os blogs de Beliebers para ler alguns imagines e fan fics

Justin: SeuNome! - ele gritou da cozinha -
Você: O QUE FOI JUSTIN? - gritei de volta -
Justin: ME AJUDA AQUI?
Você: AI, AMOR! EU TO LENDO!
Justin: SEUNOME!
Você: TÁ, SEU CHATO! - me levantei, deixando o notebook em espera em cima da mesinha de centro -

Calcei minha sandália e fui pra cozinha, chegando lá...

Você: Justin! O que é isso?! - disse olhando aquela bagunça -
Justin: Bem...
Você: Essa cozinha tá um lixo!
Justin: Desculpa, pequena! É que eu cheguei em casa e queria preparar algo especial pra você, só que não me dou muito na cozinha
Você: Eu sei! - disse rindo - Olha, Justin, valeu a intenção, né? - rimos - Vem cá que eu te ajudo a limpar essa bagunça!
Justin: Obrigado, pequena! - começamos a retirar a "comida" do chão. -
Você: Olha, Justin, só porque eu sou menor que você, não quer dizer que eu seja pequena... - ele riu -
Justin: É só um apelido carinhoso, SeuNome. - rimos -

Ficamos um tempinho arrumando a cozinha e depois decidimos pedir uma pizza mesmo! Justin pediu a pizza e nós ficamos conversando. Minutos depois ouvimos a campainha tocar, eu me levantei e Justin me puxou pelo braço.

Justin: Onde a senhora pensa que vai?
Você: Atender a porta né
Justin: Não, deixa que eu atendo
Você: Porque eu não posso atender?
Justin: Porque pode ser um tarado querendo ti agarrar
Você: Nossa! Nem um poco dramático você
Justin: Prefiro realista - ele foi atender a porta -

Enquanto isso, peguei meu notebook novamente e abri uma aba apenas com imagines. 
Eu estava lendo um imagine Belieber Hot  e lembrando de antes de eu conhecer ele. Sentada na cadeira do computador, eu lia centenas desses! Até aquele dia, quando o conheci em um M&G no Brasil... Eu já amava ele muito, mas não podia acreditar que ele pudesse corresponder! Naquela mesma noite ele me levou para um jantar a luz de velas no parque e, depois, em um hotel, me deu a melhor noite da minha vida! Foi algo que eu com certeza não poderia ler.

Justin: Olha a pizza! - se jogou ao meu lado no sofá -
Você: Ai, que susto! - dei um pulo e acabei derrubando o notebook no chão -
Justin: Nossa! Eu não sou tão feio assim, tá?
Você: Eu sei. - rimos -
Justin: Deixa eu te ajudar... - ele pegou o notebook.
Você: Não!
Justin: Que foi? É algo que eu não posso ver?
Você: Bem...
Justin: Beleza! - ele abriu o note e logo já estava rindo - Imagine Belieber Hot Sério?
Você: Me devolve, Justin! - tentei pegar o note, mas ele o virou contra mim -
Justin: Deixa eu ver isso aqui! - ele começou a ler -
Você: Não, amor! - era inútil -

Justin fazia expressões estranhas enquanto lia e fez uma cara assustada quando acabou.

Justin: Isso é meio detalhado, né? - ri -
Você: Pois são as suas fãs que escrevem! - peguei de volta -
Justin: Elas puxaram para o pai aqui! - fez um sorriso vitorioso -
Você: Idiota - ri baixo -
Justin: Pra quê imaginar se você pode ter a hora que você quiser?
Você: Idiota - taqui uma almofada nele -
Justin: Só sabe me chamar de idiota, é?
Você: Para de ser idiota. Tô com fome.
Justin: Me ama - ele riu e pegou a caixa de pizza -

Enquanto ele foi pegar a pizza que estava na mesa da cozinha eu deixei o notebook no quarto, não estava mais afim de ler. Após guardar o computador, saí do quarto e fui até a cozinha.

Você: Justin! O que é isso?! - ele me prensou na parede -

Ele beijava meu pescoço enquanto apertava minha cintura contra seu corpo, de um modo que eu conseguia sentir um certo relevo mais a baixo. Já sabia o que ele queria.

Você: Amor, a pizza! - estendi um de meus braços em direção da sala, onde aquela massa quentinha estava me esperando. Justin parou de beijar meu pescoço e começou a me encarar, ainda me prendendo contra a parede -

Ficamos bons 3 minutos se encarando, até que ele afrouxou um pouco e eu pude me livrar.

Você: PIZZA! - gritei e fui correr em busca da minha massinha linda, mas algo me impediu: ELE. Justin me agarrou pela cintura e me levantou do chão, levando-me para o quarto e, após, fechando a porta.

Você: Just... - ele me levou contra a parede, novamente, mas beijando minha boca, o que me impossibilitava a fala. Logo ele voltou a pressionar seu corpo contra o meu e eu sentia que seu "amiguinho" estava ficando bem feliz -

Demos uma pausa por falta de ar. Como eu sempre digo: MALDITA FALTA DE AR.

Você: Justin!
Justin: Não me peça pra parar! - beijou meu pescoço -
Você: Não vou! - sorri maliciosamente, juntamente com ele e voltamos ao beijo -
Justin: Amor, não vou fazer nada que você não queira. - ele disse em uma pausa -
Você: E eu disse que não queria? - me joguei para cima dele, o abraçando e beijando ao mesmo tempo 

Justin estava me segurando pela cintura e meus pés pendiam no chão, então, os movi e, rapidamente, meus chinelos caíram. Ele me levou de volta ao chão, onde fui eu que o empurrei contra o armário e lá, tirei sua camisa. Ajoelhei no chão para beijar o pé de sua barriga enquanto retirava suas calças e pude sentir os pelos da região se arrepiarem. Justin aproveitou e retirou minha blusa, me pegando no colo e deitando-me na cama.

Ele estava por cima e isso não me agradava, então girei para mudarmos de posição. Me levantei por cima dele, ficando de pé na cama. Justin me ajudou a tirar minhas calças e jogou-as sem dó contra a parede.

Justin: Vem cá! - ele agarrou minha bunda e me fez sentar em seu colo, de frente para ele. Eu pude sentir o relevo de seu pênis, já que estava sentada em cima do mesmo.

Justin agarrou novamente a minha cintura, apertando nossos corpos, me deixando mais exitada, e foi até a minha orelha.

Justin: Eu amo muito você - sussurrou para mim enquanto um calafrio percorria meu corpo. Ele deslizou sua mão direita e abriu o fecho do meu sutiã, o retirando e jogando para longe. Justin finalmente me deitou na cama e começou a beijar meus seios, me fazendo gemer. Desceu mais um pouco, beijando minha barriga, até chegar a minha calcinha. Mordeu-a pela lateral e puxou-a até ter me despido completamente. Voltou por cima de mim e beijou minha boca, já enfiando sua língua pela mesma.

Posicionei minhas mãos em seu peito definido e fui descendo até o elástico da sua cueca. Sem me conter, coloquei minha mão dentro da peça de roupa, apertando seu membro de leve.

Justin: Porra! - ri com sua reação e comecei a retirar a cueca, notando o estado do "Jerry".  Acabei de retirar a roupa e, agora, ambos estávamos completamente nus.
Você: Vai! Vai! - gritava enquanto ele se posicionava para a penetração -

Ele começou a penetrar de vagar e ambos gemíamos de prazer. Justin deu a primeira estocada e enfiei minhas unhas em suas costas, fazendo-o gemer. Ele começou com movimentos leves, mas logo os acelerou. A cada estocada eu sentia uma sensação incrível de prazer. Gemíamos um para o outro e nos beijávamos em fúria, enquanto Justin apertava minha bunda. Eu não poderia descrever o momento. Ele me penetrava e se movimentava. Agarrou minha perna e a dobrou, de forma que ficasse enlaçada em seu corpo. 

Justin: Você é muito gostosa! - mordi seus lábios e voltei minha perna para a posição inicial. Justin parou de me beijar para se concentrar na penetração -
Você: Mais rápido! - minha voz saía falhada. Ele acelerava cada vez mais e logo me levou ao orgasmo, um prazer indescritível, seguido de uma sensação de amolecimento do corpo. Após mais algumas investidas, Justin também chegou ao seu ápice, me dando um longo beijo e, logo após, caindo molemente sobre mim -

Ficamos naquela posição, com as respirações ofegantes, por alguns minutos, para nos recuperarmos.
Justin se desencaixou de mim, deitando ao meu lado e me dando sua mão.

Você: Eu também amo muito você

Nós nos beijamos.

Após algum tempo deitados, nos levantamos tomamos banho juntos e colocamos nossos pijamas. 

Justin: Pizza?
Você: Pizza!
Justin: Acho que tá fria...
Você: Ah! - choraminguei.
Justin: Deixa que eu vou por no micro-ondas!
Você: Obrigada! - Justin foi levar a pizza para esquentar e me sentei no sofá, procurando, na TV, um filme para vermos -

Depois de 5 minutinhos, ele já voltou com a pizza quentinha.

Justin: Abre um espaço ai, amor?
Você: Ah, claro! - me levantei -
Justin: Você só precisava ir um pouco para o lado...
Você: Senta aí! - se sentou -
Justin: Sentado! - sentei, meio deitada, na verdade, no colo de Justin - Vamos comer?
Você: Pensei que esse dia nunca ia chegar! - rimos e pegamos um pedaço de pizza cada um -

Ficamos comendo enquanto assistíamos "Sempre ao Seu Lado". Esse filme é muito fofo e eu adoro, mas sempre acabo chorando no final... É muito triste!

No inicio do filme, já acabamos com a pizza, então, só ficamos curtindo a presença um do outro enquanto víamos o filme.

Chegou a parte final, a mais triste e, eu, manteiga derretida, comecei a chorar no Justin. O coitadinho ficou até preocupado e me abraçou superforte!  O filme acabou e eu ainda estava chorando.

Justin: Calma, pequena! Foi só um filme, ok? - ele acariciava minhas costas enquanto algumas lágrimas escorriam pelo meu rosto -
Você: Eu sei, Justin. - limpei as lágrimas - Eu vou parar. - sorri e ele me beijou -
Justin: Eu te amo, sabia?
Você: Você já disse isso - ri - Eu também te amo! - Justin me abraçou, colocando minha cabeça em seu peito -
Justin: Eu sei, é que eu gosto de ficar ti lembrando.
Você: Não vou esquecer, só se você também não se esquecer que eu amo você.
Justin: Não vou esquecer

Rimos.

Você: Que coisa mais clichê.
Justin: Ei, pequena! - sussurrou.
Você: Sim?
Justin: Eu vou estar sempre ao seu lado - ele disse sério me olhando acariciando meu rosto -




                                   --------------------------------------------------------------

                         

Então, gostaram? Isso foi uma postagem rápida só pra não deixar o blog parado por dias. Logo logo vou postar o outro capítulo.

Deem a opinião de vocês ai no comentário.

By: Julia

11 comentários:

  1. Anwww que capitulo cutee *-* amei a parte hot (haha) foi bem foda,enfim continue u.u

    ResponderExcluir
  2. Amei!!!! E o amor de infância?! To curiosa!!! Bjsss AMANDO! @GabrielaDonati

    ResponderExcluir
  3. ai eu amei mto lindo amei amei @jujuba_dobieber

    ResponderExcluir
  4. awwwwwwwwn *-* perfeito,me faz chorar mesmo boba u_u com coisas perfeitas assim eu sempre choro *-*

    ResponderExcluir
  5. Estou amando mais acho que você deve colocar os detalhes que você colocava antes, as roupas que eles usam, os lugares que eles vão, como eles tão, etc, por favor, faça isso por essa belieber aqui, Obrigada :3

    ResponderExcluir
  6. Mto perfeito!! Mto lindo! to amando desde smpr ne!! Hahaha amo mtoo posta rapido o proximo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. N saiu meu nome pq to pelo cel kkk Isa

      Excluir
  7. Não sabia que você lia o meu blog! Com certeza isso foi inspirado em um dos meus imagines (http://imagineedirectioneer.blogspot.com.br/2012/09/imagine-hot-com-liam-payne-gloria.html?m=0)
    Gostei da sua adaptação, mas seria legal se tivesse dito que tirou a ideia de mim. :)

    ResponderExcluir